O Projeto

A primeira edição do Para Entender foi lançada em 2009. Ela aconteceu como um experimento sobre o custo-benefício de se produzir e publicar um livro digital. O Juliano Spyer aproveitou a edição desse ano da Campus Party (http://www.campus-party.com.br) para se encontrar e convidar "geeks" para escreverem sobre suas práticas relacionadas à comunicação mediada por computadores.

Se a edição de um livro impresso no Brasil costuma demorar um ano para sair e ter entre mil e dois mil exemplares, o Para Entender ficou pronto em 45 dias e em uma semana tinha tido em torno de 5 mil downloads.

A primeira versão do projeto foi feita "na unha" usando programas como Word e Power Point. Em 2010 o André Avorio entrou no barco para ajudar a conceber e realizar a ideia de que o Para Entender fosse mais automatizado. Hoje, o novo autor não precisa nos conhecer para enviar sua colaboração. Ele ou ela fazem isso e, depois de aprovado, continua atualizando o conteúdo pelo site http://www.paraentender.com.

Demorou um pouco para implementar, mas no primeiro semestre de 2014 ele ficou pronto. E agora pertence ao mundo.